quarta-feira, 14 de abril de 2010

[Es]correr

...

A água que escoou
já não volta.
E tudo o que o vento arrastou para bem longe
só vai servir para empoeirar as prateleiras da memória.
Eu preciso escutar a voz que me cala
e sentir o silêncio invadir o tumulto dos dias.
Buscar tudo e nada
para fazer navegável
esse mar brusco que me tornei...
Acalmar essas ondas que insistem em quebrar na orla.

...

2 comentários:

  1. meuito bom! *-*

    escute Louca Tempestade, da Ana Carolina, acho q vc vai entender bem.

    beijo!
    ;*

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Você gosta de ler?
    Então acho que você vai gostar do meu blog de livros:

    Amor, Mistério e Sangue

    Ele é especializado em Suspenses Românticos, mas de vez em quando eu falo sobre outros gêneros de livros também.
    Quando puder, me faça uma visitinha e se quiser me seguir, eu vou adorar!

    ResponderExcluir

Coerentes na incoerência, ou não.
Seja como for, opiniões serão sempre bem-lidas.